Quarta, 30 Setembro 2020 17:48

Equipamentos com luz ultravioleta inativam o novo coronavírus

Avalie este item
(0 votos)

A startup paulista BioLambda desenvolveu ao longo dos últimos anos equipamentos que emitem radiação ultravioleta C (UVC) com ação germicida para descontaminação em indústrias alimentícias, farmacêuticas e de outros segmentos. Com o surgimento da pandemia de COVID-19, a empresa, apoiada pelo Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PI PE), criou rapidamente uma linha de equipamentos voltados para descontaminação de máscaras de proteção, superfícies, ambientes e o ar, com o objetivo de reduzir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus.

 

Alguns dos equipamentos, como um descontaminador manual de superfícies como a de telefones, teclados, maçanetas e compras de supermercados, e outros voltados para descontaminação de ar e de máscaras de proteção N95 ou de tecido já estão sendo comercializados. Outra linha de produtos, como descontaminadores de ambiente e de ar para ambientes menores, deve ser lançada em breve.

 

Clique aqui e leia a matéria completa

 

Fonte: Suinocultura Industrial